top of page
Buscar
  • Letícia Samara

Ciclo menstrual e atividade física.

Atualizado: 5 de ago. de 2020

Para a grande maioria das pessoas a atividade física é encarada como punição, como algo desprazeroso. Quando se fala no público feminino, essa ideia pode ser até pior - simplesmente pelo fato da montanha russa hormonal que acontece com a mulher todos os meses.


Entender o ciclo menstrual é fundamental para que a mulher e o professor possam aproveitar o máximo possível do rendimento físico e ainda adaptar as sessões de treino as fases mais dolorosas e chatas, melhorando a qualidade de vida e a adaptação da mulher.


De forma GERAL, nos 14 primeiros dias da menstruação, há um pico de estrogênio e testosterona na mulher, aumentando consideravelmente o rendimento e a disposição nos treinos, principalmente nos de maior intensidade. Hora de aproveitar a fase para o momento mais punk da periodização.


Já após a ovulação, esses hormônios despencam e há uma predominância da progesterona. Nesta fase, é comum que o rendimento e a disposição sejam menores. Hora do professor inteligente apostar em treinos com mais pausas, menor intensidade e maior duração.


Deixe os treinos regenerativos para o final do ciclo.


Vale lembrar que a atividade física moderada é o único agente que comprovadamente é capaz de diminuir os sintomas da TPM.


Você conhece o estado da sua saúde funcional? Se não, Faça um check-up agora, respondendo um breve questionário aqui no meu site.


Abraço


Posts recentes

Ver tudo

Fiz os cálculos aqui e...

Exitem dois motivos de você estar gordo(a): A) Alguns pouquíssimos genes adquiridos de seus pais que favorecem o acúmulo de adipócitos (células de gordura): o GENÓTIPO. e B) Os anos ininterruptos que

Epidemia do medo, a pior que já vi.

No início do ano você estava estocando papel higiênico e agora você se esconde do sol, dentro de casa. A cultura do medo, insistentemente difundida na sua vida, destrói a sua saúde mais que qualquer p

Comments


bottom of page